O que está impedindo você de ser o seu melhor?

Você está feliz com a sua vida? Está feliz com quem você é? Está definindo seus objetivos de vida ou a sociedade está ditando para você? Está dando o seu melhor? Estar ciente de quem é você é o primeiro passo para se tornar alguém melhor. Quando você está em sintonia com seu eu interior, as escolhas de vida se tornam mais evidentes e claras.



A autodescoberta é uma jornada bonita e te recompensa de várias maneiras. Quando você é claro sobre quem é e o que quer, consegue trabalhar para o que você deseja e permite que você seja a melhor versão de si mesmo. E que melhor época para refletir sobre isso do que terminando um ano e se preparando para um novo ciclo?


Quem não deseja ser a melhor versão de si mesmo? No entanto, quando se trata de viver uma vida cheia de propósito e paixão, indo atrás de nossos sonhos e alcançando sucesso, somos nossos piores inimigos. Então, vamos começar tentando eliminar 5 hábitos principais que nos impedem de ser a nossa melhor versão.


1. MEDO DO FRACASSO


“O medo fará uma coisa e apenas uma coisa: segurar você.

Você tem medo do que as outras pessoas pensam sobre você caso fracasse? Tem medo de ser considerado estúpido e/ou incompetente? Diz às pessoas de antemão que não espera ter sucesso ou prosperar para diminuir suas expectativas? Se sim, então, provavelmente, tem medo de falhar.

O medo é uma parte natural da vida e não significa o fim do mundo. De fato, o fracasso ajuda a aprender idéias valiosas que podem levá-lo ao sucesso. Portanto, supere seus medos analisando todos os resultados possíveis, desenhe o pior cenário possível para planejar e aliviar suas preocupações, pratique o estabelecimento de metas e o pensamento positivo. Então, da próxima vez que se ouvir pensando: “E se eu falhar...” Diga a você mesmo: “E daí?!”.


2. MEDO DO SUCESSO


O medo do sucesso se esconde no subconsciente e se manifesta de diversas maneiras. Por exemplo, você fica nervoso quando tudo parece estar indo bem e então começa a esperar que algo dê errado. As pessoas têm medo do sucesso, porque isso também pode significar aumento de expectativas, maior responsabilidade e o medo de não conseguir lidar com o sucesso.


Então, da próxima vez, que as coisas estiverem indo bem para você, lembre-se de que o sucesso é uma coisa boa e todo mundo merece viver seu sonho e ter um impacto positivo no mundo. Lide com o sucesso mantendo-se fiel a si mesmo e confortável com todas as decisões que tomar.


3. AGRADAR AOS OUTROS


“Eu quero que todos gostem de mim”; “Eu tento evitar desentendimentos”; “Eu nunca digo não”; “Tenho medo de dizer o que penso”

Esses pensamentos soam familiares? Se sim, então hora de parar! As pessoas que querem agradar o tempo todo tendem a se estressar, desenvolvendo ressentimento para com as pessoas, depressão e, o mais importante e são, frequentemente, aproveitadas. Então, pare de ser um capacho e fale por si mesmo.


Recupere seu senso de si e construa sua confiança, aceitando que você deve ser sua prioridade sempre, que não pode fazer ninguém feliz se você não estiver feliz e que é impossível agradar a todos. Se agrade em primeiro lugar!


4. PROCRASTINAÇÃO


A procrastinação é outra forma de preguiça. Sinto que muitos de nós não somos apenas procrastinadores, mas sim MASTER procrastinador. Porém não é assim que costumamos chamar, então chamamos de "trabalho bem sob pressão". Se você tem uma semana para terminar uma tarefa e a atrasa até o último minuto possível e, em seguida, tenta freneticamente e apressadamente terminar, então você é um procrastinador.


Outra forma de procrastinação é o perfeccionismo. Os procrastinadores são facilmente distraídos por fatores insignificantes e acabam se desviando de seus objetivos. Portanto, para parar de procrastinar, mantenha suas ações calculadas e precisas, estabeleça alguma forma de responsabilidade e defina metas pequenas, gerenciáveis e facilmente alcançáveis, assim continua fazendo e impede de desistir por achar “muito difícil”.


5. CONVERSA INTERNA NEGATIVA


“Eu nunca consigo fazer”; “Eu sou tão estúpido”; “Eu acho que não habilidade para isso”

A conversa interna é uma coisa normal que todos nós fazemos, mas quando essa conversa é cheia de idéias irracionais e negativas, ela se torna autodestrutiva. Na maioria das vezes, esses não são fatos, mas apenas nossa baixa opinião pessoal, autoconsciência e autoestima.


Portanto, silencie seu elevado crítico interno e dê uma guinada positiva nas coisas. Comece eliminando o vocabulário negativo, como, por exemplo, as palavras “não posso” ou “nunca” e substitua por EU POSSO!


Vamos eliminar esses 5 hábitos negativos e começar um 2020 com uma versão muito melhor de você?




31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo