A Melhor Dica de Home Office é Não Seguir Dicas

Atualizado: 3 de Jun de 2020

Há 3 anos e 4 meses pedi demissão. Estava exausta do mundo corporativo, após 16 anos, e não via mais propósito em continuar tendo uma vida como aquela. Por alguns anos estava pensando nisso e me organizando. Não foi uma decisão impulsiva. Pude me organizar e planejar financeiramente, atividades e estudos que desejava fazer para essa mudança, que eu sabia que eram fundamentais, caso contrário teria que retornar ao CLT sem ter dado a oportunidade de me reinventar.

Mesmo atuando como CLT trabalhava em casa algumas [raras] vezes e amava. Logo, acreditava que seria fácil a transição. Ledo engano! No começo aproveitei para dormir até tarde, afinal havia passado anos dormindo pouco e com insônia, então percebi que o mundo funcionava num fuso diferente do meu. Por outro lado, trabalhar fora do horário comercial era mais silencioso e a internet funcionava melhor.

Supostamente deveria ser simples trabalhar em casa e estava se tornando maçante e um gargalo. Como assim? Eu não poderia ser derrotada por não conseguir ser produtiva em casa. Comecei a sentir falta de ar e um certo pânico me dominar. Decidi fazer algo que faço muito bem: pesquisar e estudar!

Pesquisei no Google, li inúmeros sites com as mais diversas e esquisitas dicas. Entrei no Pinterest e comecei a achar que precisava redecorar meu escritório. Comprei e li todos os livros relacionados ao tema e invoquei “mantras” da Marie Kondo. Testei o método Pomodoro e resolvi que era melhor comer uma massa mesmo. Nada funcionou!


4 Motivos do Porquê Dicas não Funcionam


1. Padronização

As dicas foram escritas por alguém que aplicou e funcionou para ele. No entanto, você não é o criador da dica, logo funciona de outra forma. Se padronizar não é possível e o que funciona para o outro não funcionará, necessariamente, para você.

2. Autoconhecimento

Entender seu funcionamento biológico, neurológico, psicológico e comportamental pode ser complexo, mas fundamental para tomar decisões acertadas para sua vida. Por exemplo, um livro que virou “best seller”, que li, tentei aplicar e foi um fracasso é o “O Milagre das Manhãs”.

Ter milagre ao acordar às 05h da manhã funciona para quem biologicamente é predisposto a isso, mas para quem não é o milagre das noites pode ser muito melhor. Eu virei um zumbi improdutivo! Existem estudos que comprovam que, geneticamente, algumas pessoas têm maior ou menor predisposição em diferentes horários do dia. Busque entender qual a sua melhor hora.

3. Definir Horários

Durante a quarentena tenho ouvido dos meus clientes, constantemente, que eles têm trabalhado muito mais do que quando estavam no escritório. Estamos vivendo uma situação atípica, porém definir horário para iniciar e finalizar o trabalho é essencial no trabalho em casa. Se estivesse no escritório, supostamente, essas predefinições existiriam, certo?

Então, por qual o motivo de não aplicar em sua casa? Passar tempo com sua família, brincar com os filhos, animais de estimação, ouvir uma música, ler um livro ou qualquer outra atividade relaxante arejará sua mente e terá impacto direto na sua produtividade e, principalmente, na qualidade do seu trabalho.

4. Perfil Comportamental

Entender seu perfil comportamental é crucial para estabelecer sua rotina ou ausência dela. Se você é Extrovertido tem preferência por estar entre pessoas, contato físico constante e ter com quem falar (mesmo que fale sozinho), mas se for um Introvertido sua preferência será pelo silêncio, concentração e um certo isolamento.

Se gosta de planejar, organização e métodos estabelecer uma agenda de trabalho com horários pré-definidos, cronograma de atividades da semana, listas do que precisa fazer serão fundamentais. Porém, se seu perfil é levado pela percepção e prefere deixar as coisas acontecerem será melhor apenas estabelecer prazos para evitar de perde-los.

Você gosta de trabalhar com possibilidades ou prefere fatos e dados concretos? Toma decisões baseadas na lógica ou emocionais? Seu perfil comportamental é composto por inúmeras facetas e entender te ajudará a fazer melhores escolhas do que funciona para você, que é esse ser humano único, multifacetado e que não pode e nem deve se padronizar.


Indicações Gerais


Enquanto você trabalha em seu processo de se entender e autoconhecer, algumas indicações gerais funcionam para todo tipo de pessoa e ajudam o ato de trabalhar em casa ser melhor:

  • Tenha uma mesa com boa iluminação e uma cadeira ergonômica. Sua vista e coluna agradecerão!

  • Estabeleça horários de início e fim de trabalho. Períodos de descanso físico e mental são a diferença entre ter ou não bons resultados!

  • Pratique atividades físicas regularmente! É chato eu também acho, mas garanto que faz uma diferença enorme na produtividade.

  • Se alimente de forma saudável e evite alimentos prontos e processados.

  • Saia para dar uma volta de vez em quando, vá tomar um café na padaria (quando puder), trabalhe de um parque ou lugar diferente de vez em quando, independentemente de seu perfil ser introvertido ou extrovertido. Dá uma “injeção” de ânimo!

  • Estabeleça objetivos e prazos, senão você morre de cansaço de tanto “remar” e não chegar a lugar nenhum.

Quer conhecer mais sobre Perfil Comportamental? Clique aqui.

Siga Vanessa Cioffi no LinkedIn e Pinterest

_________

Vanessa Cioffi

Sou especialista em análise comportamental, planejamento e transição de carreira. Meu objetivo é ajudar pessoas a identificarem suas competências e habilidades e atingirem a totalidade de seu potencial para serem realizadas em suas carreiras e vidas. Nas horas vagas sou aprendiz de escritora, fotógrafa e viajante compulsiva.

155 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo