5 Formas que Líderes podem Apoiar Introvertidos e Extrovertidos em suas Equipes

Atualizado: 8 de Jul de 2020

“Líderes se tornam grandes não por causa de seu poder, mas por sua capacidade de capacitar e empoderar os outros.” – John Maxwell


Introversão e extroversão envolvem traços de personalidade que podem moldar como os colegas de trabalho respondem e interagem entre si. Embora essas diferenças possam ser uma vantagem para suas equipes, também podem trazer desafios se não souber como apoiar as pessoas que se identificam com um tipo de personalidade em detrimento de outro.


Um os objetivos de um líder é garantir que seu local de trabalho possa permitir que funcionários introvertidos e extrovertidos prosperem. Como é possível apoiar esses dois tipos?


Leia Mais: “Introvertido versus Extrovertido: O que Significa e Por Que Importa”


1. Como Recarregam


Como os funcionários introvertidos e extrovertidos recarregam sua energia depende muito da forma como se socializam. Os introvertidos, ao contrário do que muitos pensam e das crenças existente, não têm medo da socialização e gostam de conhecer pessoas. No entanto, interações prolongadas com os outros podem ser desgastantes para eles. Por outro lado, é mais provável que extrovertidos se sintam super energizados por estarem perto de outras pessoas, enquanto o isolamento pode sufocar seu moral.


Portanto, o objetivo do líder é ter equilíbrio entre incentivar a socialização e permitir que as pessoas trabalhem por conta própria. Esse equilíbrio é especialmente necessário se tiverem profissionais trabalhando em casa. Certificar de dar a equipe a opção de colaborar e tempo para trabalhar sozinho, quando necessário, é essencial. Também é importante ter reuniões de rotina e sessões de brainstorming, mas evite que elas durem mais de uma hora.


Eu trabalhei por muitos anos numa empresa que incentivava a sociabilização o tempo todo. O espaço de trabalho era desenhado para que não houvesse nenhum momento de privacidade, de silêncio e se eu fosse para uma sala de reuniões para ter esse momento sozinha era rotulada como anti-social, mesmo tendo alta produtividade e resultados não tinha uma avaliação tão boa quanto colegas extremamente sociáveis (e que passavam o dia todo no café), justamente, por não interagir mais.


2. Como Gostam de Ser Reconhecidos


O reconhecimento não é “tamanho único”. É uma ótima maneira de motivar seus funcionários e dizer obrigado. No entanto, personalidades introvertidas e extrovertidas podem dar uma ideia de como reconhecer suas contribuições. Isso não significa que todos responderão dessa maneira.


Ainda assim, isso pode ser usado como uma linha de base para determinar a melhor maneira de reconhecer profissionais que estão mais próximos das duas extremidades dos espectros de introversão e extroversão.


Os introvertidos não se sentem tão à vontade com os elogios em público, como os extrovertidos, na maioria das vezes, preferem. Portanto, para um introvertido receber um e-mail ou uma reunião privada expressando agradecimento por um trabalho bem-feito é o mais apropriado. Por outra via, um extrovertido pode apreciar um reconhecimento público ou em um escrito público destacando as realizações de seu trabalho em um projeto.


3. Use a Inteligência em Reuniões e em Interrupções


Essa dica é importante para os dois grupos. O extrovertido típico pode não perceber nada de errado em parar na mesa de um colega para fazer uma pergunta. Na outra ponta, os introvertidos podem ver esse tipo de comportamento como perturbador e invasivo.


Portanto, ambos precisam que suas necessidades sejam atendidas e levadas em consideração ao estabelecer tempo para a colaboração dos dois grupos. Abaixo estão algumas formas de diminuir essa divisão no escritório:


  • Agende horários para os colegas colaborarem física ou virtualmente. Trabalhe com a equipe para estabelecer horários para os funcionários se reunirem e colaborem em projetos ou para que façam perguntas uns aos outros. Programar esses horários e informar os introvertidos com antecedência, atendem às suas necessidades, enquanto a priorização do tempo de interação atende às necessidades dos extrovertidos.

  • Invista em software de colaboração. Essa é outra maneira de garantir que os funcionários possam colaborar e permitir que ambos os grupos de personalidade obtenham o que precisam. Por exemplo, investir em uma ferramenta como o “Microsoft Teams” permitirá que extrovertidos cheguem rápida e eficientemente aos colegas de equipe. Também oferece aos introvertidos a opção de ler e responder às mensagens quando tiverem tempo e sem distração. Só não vale o Extrovertido ir até a mesa do Introvertido e perguntar “Te mandei mensagem pelo programa e você ainda não me respondeu!”

Ambos os grupos precisam de interação e colaboração. No entanto, garantir que todos possam fazer isso de uma maneira mais confortável a todos traz ótimos resultados.


4. Crie um Ambiente Onde Possam Trabalhar seus Processos de Pensamento


Introvertidos e extrovertidos processam as informações de maneira diferente. Ajudá-los a prosperar reconhecendo essa questão e desenvolvendo estratégias faz com que se sintam mais confortáveis para resolverem problemas e chegarem a soluções.


Quando os introvertidos precisam tomar uma decisão podem se afastar da situação para refletir e pesar todas as opções. Por outro lado, extrovertidos podem querer trocar idéias com alguém e conversar sobre suas escolhas.


Leia mais: “Introvertidos num Mundo Extrovertido”


Se precisar de uma resposta ou decisão de um introvertido sobre algum projeto, dê a eles tempo para pensar em sua próxima jogada. Para os extrovertidos, dê a eles a oportunidade de agendar um horário para falar e discutir soluções.


Como já mencionei, meu perfil é introvertido e me pressionar para fazer algo e tomar uma decisão, simplesmente, não funciona e me deixa estressada. Da mesma forma, o extrovertido fica quando não obtém uma resposta ou posicionamento imediato. Por isso, entender a estrutura mental é importante, assim aumenta a empatia pelo outro.


5. Equilibre as Necessidades de Introvertidos e Extrovertidos para Obter Retorno para a Empresa


Quando as necessidades das pessoas são atendidas, a satisfação e produtividade delas aumentam. Aprender a reconhecer essas diferenças nas personalidades dos funcionários introvertidos e extrovertidos pode conduzir a excelentes resultados para a empresa como um todo.


A compreensão de como preferem trabalhar, se comunicar e solucionar problemas permitirá que um ambiente em que os indivíduos, de ambos os lados, prosperem e façam avançar seus negócios seja criado.


O caminho para o avanço não é parar com as interações frente a frente, mas refinar a forma de fazê-las. Devemos, por exemplo, procurar ativamente relações simbioticamente introvertidas e extrovertidas, nas quais a liderança e outras tarefas sejam divididas de acordo com as capacidades e os temperamentos naturais das pessoas.


As equipes mais eficientes são compostas por uma mistura saudável de introvertidos e extrovertidos, como demonstram estudos, assim como muitas estruturas de liderança.


Leia mais: “Diversidade é a Chave para Formar Times Poderosos”


Também precisamos criar cenários nos quais as pessoas se sintam livres para circular em um caleidoscópio mutável de interações e desaparecer em seus espaços de trabalho privados quando quiserem se concentrar em ficar sozinhas. Não há nada de errado em querer ficar sozinho e há tudo de errado em não respeitar a individualidade e preferência de cada ser humano.


Clique aqui para conhecer mais sobre Perfil Comportamental e MBTI®.

Acompanhe meu trabalho também em LinkedIn e Pinterest

_________

Vanessa Cioffi

Sou especialista em análise comportamental, planejamento e transição de carreira. Meu objetivo é ajudar pessoas a identificarem suas competências e habilidades e atingirem a totalidade de seu potencial para serem realizadas em suas carreiras e vidas. Nas horas vagas sou aprendiz de escritora, fotógrafa e viajante compulsiva.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo